IJUI NEWS - Agentes da Polícia Civil iniciam “Operação Padrão” contra Pacote do governo
Min: 15º
Max: 26º
Predomínio de Sol
logo ijui news
Rad mais novoRad mais novo
Britinho lateral esq

Agentes da Polícia Civil iniciam “Operação Padrão” contra Pacote do governo

Ugeirm anunciou nesta segunda (18) “Operação Padrão” como forma de seguir manifestando contrariedade ao Pacote de medidas pretendido pelo governo Leite. Veja os serviços atingidos.

Matéria Publicada em: 18/11/2019
Agentes da PC deflagram Operação Padrão, contra Pacote do governo. Foto: Reprodução/Ugeirm.

Após  adesão significativa de agentes da Polícia Civil (PC) na paralisação de dois dias na semana passada (13 e 14), o Sindicato da categoria anunciou nesta segunda-feira (18) uma “Operação Padrão”, como forma de seguir manifestando contrariedade ao Pacote de medidas pretendido pelo governo Leite.

A Ugeirm mantém-se representada na Assembleia Legislativa articulando com deputados a derrubada de medidas que atingem diretamente direitos dos policiais. De acordo com o Sindicato, o governo já teria recuado na paridade e na integralidade da aposentadoria policial.

Todavia, o Pacote em analise nas Comissões da AL ainda possui sérios ataques à categoria da PC, diz a Ugeirm.

Desta forma, o Sindicato convocou os agentes para a “Operação Padrão”, mantendo e até aumentando a mobilização iniciada na semana passada.

Operação Padrão
Plantão:
1. Registro de Ocorrência somente de fatos criminais;
2. Não colher depoimentos referentes às ocorrências registradas;
3. Lavraturas de APF (Auto de Prisão em Flagrante) somente com a presença da autoridade policial.
4. Os APFs devem ser confeccionadas por ordem de chegada. A lavratura de um novo APF só pode ser iniciada após a conclusão do que está em aberto. Recomenda-se o envolvimento completo das equipes com o APF que estiver sendo lavrado.
Investigação:
1. Viaturas Policiais sem condições devem ser apresentadas;
2. Não realizar diligências se não tiver combustível;
3. Não planejar, desenvolver ou participar de Operações Policiais, diligências ou buscas. As únicas exceções são as relacionadas a crimes graves, homicídios, latrocínios, roubos, estupros, ou que tenham crianças e mulheres como vítimas, com medida protetiva.
4. Operações Policiais deverão ser cumpridas sempre em horário comercial.
5. Meta de prisões devem ser cumpridas em apenas 50% no mês.
6. Não fazer diligência sozinho, nem mesmo distribuição e busca de expediente.
Cartório:
1. Metas de produção cartorária devem ser atendidas em apenas 50% no mês. Caso haja uma produção superior a 50% da meta, não remeter e deixar para o mês seguinte.
2. Não redigir pedidos de medidas cautelares. Em casos de urgência o delegado deve redigir.
Para todos(as):
1. Diligências para fora da cidade devem ter diárias depositadas antecipadamente, do contrário, não participar.
2. Em hipótese alguma os (as) policiais devem sair para qualquer diligência externa com coletes vencidos, seguindo decisão judicial que proíbe tal prática;
3. Todas as diligências devem estar acompanhadas de Ordem de Serviço.
4. Solicitação imediata de reposição de munições, assim que vencerem as suas datas de validade;
5. Não publicizar as Operações Policiais nas mídias, inclusive nas redes sociais.

Fonte das ações da “Operação Padrão” - UGEIRM

Brito lateral 2020