IJUI NEWS - Pompeo propõe Moção de Repúdio à Fundação Getúlio Vargas, responsável pela aplicação da prova da OAB
Min: 15º
Max: 26º
Predomínio de Sol
logo ijui news
Rad mais novoRad mais novo
Britinho lateral esq

Pompeo propõe Moção de Repúdio à Fundação Getúlio Vargas, responsável pela aplicação da prova da OAB

O Exame de Ordem foi realizado no domingo (13/6), segundo o vereador, de forma “maldosa, sem fundamento, à altura de concurso para Magistratura Federal”.

Matéria Publicada em: 15/06/2021
Vereador Matheus Pompeo (PDT) repudiou complexidade da prova da OAB, aplicada nesse domingo. Foto: Assessoria Parlamentar.

O vereador Matheus Pompeo (PDT) propôs na Câmara envio de ‘Moção de Repúdio’ à Fundação Getúlio Vargas – FGV - responsável pela elaboração e aplicação do XXXII Exame de Ordem, prova aplicada nesse domingo (13/6), que considerou “maldosa”.

De acordo com o parlamentar, “foram 250 mil inscritos, 65 milhões de reais arrecadados, 250 mil pessoas formadas ou prestes a se formar – a prova pode ser realizada por acadêmico a partir do 8º semestre - em busca do seu sonho de exercer a advocacia, depois de uma espera de 1 um ano e meio”.

Pompeo destacou a agonia por causa da pandemia, a impossibilidade do exercício da profissão por mais de um ano à espera da prova, e questionou a aplicação do exame pela FGV sem qualquer fundamento, “apresentando uma prova que transborda qualquer senso de proporcionalidade. Prova absolutamente surreal, com questões extremamente complexas, com nível de dificuldade muito superior a exigida a quem realiza a prova depois da graduação”. O vereador viu questões à altura de concurso para Magistratura Federal.

Na Moção, escreveu: “Sendo assim, registramos nosso total e irrestrito REPÚDIO a Fundação Getúlio Vargas, que em nenhum momento tratou de forma isonômica os examinandos, elaborando uma prova jamais vista em anos anteriores dado o alto grau de dificuldade, ferindo os princípios do bom senso e da razoabilidade”.

Brito lateral 2020