IJUI NEWS - Campeã! Ajuricabense vence reality show nacional Batalha do Mecânico 2023
Min: 15º
Max: 26º
Predomínio de Sol
logo ijui news
CFC MasterCFC Master
Seiko eee

Campeã! Ajuricabense vence reality show nacional Batalha do Mecânico 2023

Mecânica leva para casa um prêmio de R$ 20 mil e um Kit Oficina com 82 itens da Loja do Mecânico.

Matéria Publicada em: 28/12/2023
Giovana Toso, a grande campeã! Foto: reprodução/ O Mecânico.

Acesse o site do Palmero Veículos AQUI
_____________________________________

Postado por ABEL OLIVEIRA

Segunda Temporada do Batalha do Mecânico 2023 chega ao fim com Giovana Toso, 29 anos, natural de Ajuricaba/RS, campeã.

Além de levar para casa um prêmio de R$ 20 mil e um Kit Oficina com 82 itens da Loja do Mecânico, ela se torna a primeira mulher a vencer o maior reality show entre mecânicos do Brasil.

Foto: Revista O Mecânico/Divulgação

Na Grande Final, que foi patrocinada pela Delphi Technologies e teve o jurado especial Pedro Valêncio, Coordenador Técnico da Delphi, Giovana e Leandro tiveram que encontrar três defeitos em um Hyundai HB20 em apenas 1 hora. Elaborada pelos jurados Fernando Landulfo, Guilherme Tonimek e Mingau, a prova tinha como objetivo fazer o diagnóstico correto, a correção dos erros e ligar o motor sem falhas.

Após um sorteio, Leandro começou a prova um pouco nervoso e levou uma hora para solucionar dois dos três defeitos do carro, sendo o primeiro o Conector do Motor de Partida e o segundo Relé da Bomba de Combustível. Com mais calma, mesmo com a tensão da final, Giovana fez o diagnóstico correto, corrigiu todos os problemas e fez o motor funcionar sem falhas em apenas 50 minutos de prova. Desta maneira, ela se tornou a primeira mulher a vencer o reality show Batalha do Mecânico. Além disso, Giovana ganhou da Delphi um treinamento sobre o ciclo Otto no novo Centro de Treinamento da Delphi em Piracicaba, no interior de São Paulo.

Ao final da prova, Giovana agradeceu com emoção aos seus familiares. “Eu quero agradecer muito meus pais, minha irmã, minha afilhada, meu cunhado e minha tia. Sem eles eu jamais chegaria aqui e nem seria uma mecânica, pois no começo foi muito difícil principalmente pela questão financeira. E tudo isso é por eles! É para eles”, disse com felicidade no rosto e lágrimas nos olhos.

Apesar de ir muito bem na prova final, a trajetória da campeã foi de superação com um início um pouco desesperador. “No começo era desesperador, mas depois as provas se transformaram em oportunidades para eu mostrar a minha capacidade de trabalhar sob pressão. Por isso, eu comecei a ver as provas dessa forma para ficar mais tranquila dentro do Batalha”.

Giovana disse que o Batalha do Mecânico é uma confirmação do seu bom trabalho ao longo dos anos. “Olha, não sei se a ficha caiu, mas eu estou muito feliz, pois esse título é a confirmação do meu bom trabalho desde quando eu comecei. Eu enfrentei muitas dificuldades, sofrendo preconceito e assédio. Eu até pensei em desistir lá fora e, também, aqui. Mas Deus me deu força para seguir. E com esses percalços eu aprendi a não desistir”.

Ainda emocionada Giovana deu um recado para todas as mulheres mecânicas desse país e, também, para as jovens que querem seguir na profissão. “Não é fácil para nós mulheres. Mas nós mulheres vamos ocupar esse espaço. Eu estou aqui para confirmar que nós temos capacidade e conhecimento, por mais que tenham pessoas que acham que não”.

Todos os créditos à revista "O Mecânico" - publicação original AQUI

rad d